Polícia Nacional recupera mais de 360 cantoneiras de postes de alta tensão

No âmbito da “Operação Barreira”, a Polícia de Segurança de Objectivos Estratégicos (PSOE), por intermédio de uma denúncia anónima, deteve no passado dia 03 de Janeiro 2024, dois cidadãos por presumível furto de 365 cantoneiras sob responsabilidade da Rede Nacional de Transporte de Electricidade (RNT), vandalizadas no município de Viana, província de Luanda.

A detenção ocorreu quando os suspeitos levavam os meios para um estabelecimento comercial que se dedica à pesagem de material ferroso e foram surpreendidos pelos operacionais da unidade acima referenciada.

Na ocasião, o porta-voz do Comando Provincial de Luanda, Superintendente – Nestor Bizi Goubel, que falava a imprensa afirmou que, todos os indivíduos que têm adquirido esses materiais, de forma fraudulenta, nomeadamente, por furto ou pela sua vandalização, poderão sentir a mão pesada da lei.

“As casas de passagens e os mercados informais que têm colaborado com os cidadãos que praticam tais acções, serão responsabilizados criminalmente”, garantiu o Oficial.

Vale mencionar que o Director Regional da RNT em Luanda, Júlio Job de Almeida, na ocasião, agradeceu o trabalho árduo que a Polícia Nacional tem levado a cabo para o combate desta prática que tem lesado o Estado em avultadas somas monetárias.

“Só tem sido possível recuperar o material que tem desaparecido na cidade de Luanda, graças ao trabalho da Polícia, as cantoneiras são as bases de sustentação das torres de energia ou seja, dos cabos de média e alta tensão em várias artérias da cidade capital”, apontou.

Importa referir que, as zonas mais visadas no vandalismo de cabos eléctricos e de cantoneiras são o quilómetro 44, Icolo e Bengo e Bita.

Compartilhar

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *