Forte aliado do Executivo angolano: Noble Group abre mais uma loja Angomart e emprega mais de 100 jovens

Com uma rede avaliada em mais de 70 lojas espalhadas por todo o país, a Angomart continua a sua expansão pelo território nacional, tendo demonstrado mais uma vez, que está comprometida em ajudar o Executivo na diminuição das cifras de jovens desempregados, com a abertura esta quarta-feira, 13 de Dezembro, do seu novo espaço, situado no Rocha Pinto.

Por: Diniz Kapapelo

Na ocasião, o Director-geral da Noble Group, Hugo Moutinho, disse que a AngoMart tem estado a privilegiar o recrutamento de mão-de-obra nacional, com primazia aos jovens que procuram pelo primeiro emprego.

“Durante 21 anos de existência da marca em solo angolano, asseguramos mais de 6 mil postos de empregos, entre direitos e indiretos”, Hugo garante que o número vai crescer, uma vez que para o presente ano, se prevê inaugurar mais 10 novas lojas e vai nascer às indústrias de produção de vinho e pasta de dentes.

Por sua vez, o Secretário do Estado para o Comércio, Amadeu Nunes, que foi chamado a proceder ao corte da fita, exortou aos empresários no sentido de investirem em lojas de proximidades, com vista a garantir maior oferta e estabilidade dos produtos da cesta básica durante a quadra festiva.

Amadeu Nunes, reconheceu que o sector do comércio em Angola, tem vindo a crescer de forma satisfatória, com o surgimento de galerias comerciais de proximidades, que proporcionam maior oferta de serviços e bens aos cidadãos.

De referir que a expansão de lojas de proximidade e aposta na venda de produtos nacionais e de qualidade estão entre as prioridades da rede de supermercado AngoMart, que elevou o número de funcionários com a inauguração de mais uma loja, tendo permitido gerar mais de 100 postos de trabalho entre directos e indirectos, com vista a melhorar a oferta e criar maior competição no sector.

A rede de supermercados Angomart reforçou também o seu papel junto da produção nacional. (DR)

Sobre o grupo

Noble Group é um dos maiores importadores de Angola cujos negócios empregam mais de 5000 pessoas que servem milhões de angolanos todas as semanas. A sua rede conta com mais de 94 pontos de venda grossista, armazéns centrais, cash and carry e carrinhas de distribuição que colocam diariamente à disposição dos angolanos e não só, as necessidades diárias.

Compartilhar

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *