Cabinda: Test Angola lidera projecto de inclusão social para jovens recém-licenciados

O Vice-presidente da empresa Norte-Americana Versa Tech, defendeu, hoje, sexta-feira, 01 de Dezembro de 2023, em Cabinda, a aposta dos Estados Unidos na formação profissional de quadros recém-licenciados com atribuição de estágios profissionais remunerados atribuídos a jovens de distintas universidades que poderá contribuir para promoção, recrutamento, integração e desenvolvimento de quadros técnicos angolanos para o sector industrial.

Martin Dworak, teceu tais declarações por ocasião da conferência de imprensa de apresentação de 15 jovens recém-licenciados que deram início nesta sexta-feira, ao Estágio Profissional no Centro de Formação Profissional da empresa Test Angola em Cabinda.

No entanto, Charles Lowery – Director- Geral da Test, reafirmou o compromisso da sua instituição em capacitar jovens com habilidades necessárias a fim de contribuir para o progresso de Angola.

Anunciou para breve o alargamento do número de recém-licenciados a frequentarem a formação no Centro de Formação da Test Angola em Cabinda.

Por sua vez, Luís Almeida, referiu que a Test Angola está comprometida em capacitar os quadros nacionais com especial enfoque nos jovens e permitir-lhes adquirir as habilidades necessárias para contribuir para o progresso de Angola e de Cabinda em particular.

O também Director Operacional da Test Angola, lembrou que a formação terá a duração de 12 meses onde os recém-licenciados terão a oportunidade de adquirir conhecimentos teórico-práticos em programa OJT (On-the-job Training) nas áreas da Eletricidade e Instrumentação, Engenharia e Fabricação, Automação, Sistemas de Prevenção, entre outros.

Um dos jovens que está a beneficiar da formação é Pedro Chipolo, que mostra-se orgulhoso por fazer parte do projecto Criar e promete dar o seu melhor e contribuir para o desenvolvimento do sector petrolífero.

Lídia José, licenciada em engenharia de organização e manutenção industrial, afirmou que o Projecto Criar veio mudar a sua vida pois sairá da formação com conhecimentos práticos para enfrentar o mercado de trabalho.

Desde a sua constituição em 2004 que, a TEST Angola, reconhece como factor chave do seu sucesso em Angola, a formação dos seus quadros nacionais, sustentada numa valorização contínua das suas competências profissionais e orientada para a promoção do mérito.

A iniciativa é da empresa Test Angola em parceria com a TheBridgeGlobal, no âmbito do projecto Criar que concedeu bolsas de estágios a jovens recém-licenciados nas áreas de indústria e engenharia do Instituto Superior Politécnico do Soyo e conta com apoio do Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás (MIREMPET) e da AECIPA.

Compartilhar

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *