Angolano eleito presidente do Comité dos Direitos da Criança da UA

O académico angolano Wilson de Almeida Adão foi eleito, esta quarta-feira, em Adis Abeba, Etiópia, presidente do Comité dos Direitos e Bem Estar da Criança da União Africana (UA).

Depois da eleição histórica, o primeiro angolano a presidir um órgão do Sistema Internacional de Protecção de Direitos Humanos, Wilson de Almeida Adão, agradeceu a confiança depositada em si e assegurou que vai trabalhar na proteção das crianças africanas com todo afinco.

Referiu que o comité vai ajudar, com a ajuda dos Estados membros, que as crianças deixem de sofrer vicissitudes e tenham a oportunidade de alcançar o seu desenvolvimento de forma harmoniosa e integral.

“O nosso maior compromisso é o respeito dos direitos das crianças, que não sejam apenas legislados, mas acima de tudo respeitados”, lembrou.

Alertou que de pouco vale ter direitos sem que eles sejam concretizados, devendo estar alinhados quando se trata de direitos para os mais novos, pois a causa é nobre e inegociável.

O comité tem a missão, disse, de ser a voz daqueles que não têm e ser o guardião dos direitos fundamentais das crianças.

Wilson de Almeida Adão referiu que nasceu na província do Uíge, em 1985, num período de guerra onde muitas vezes os seus pais tiveram de lutar para comer, sublinhando que

também foi afectado, como muitas crianças africanas pelas deslocações forçadas devido a conflitos armados e trabalhou ainda menino.

Wilson de Almeida Adão é docente de Direito Internacional e Direitos Africanos da Faculdade de Direito da Universidade Católica de Angola.

Compartilhar

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *