Sem motivo aparente: Coreia do Norte encerra Embaixada em Angola

A Coreia do Norte anunciou, esta quarta-feira, 25 de Outubro, em Luanda, o encerramento unilateral da sua Missão Diplomática em Angola.

De acordo com um comunicado de imprensa daquela missão consular a que o ECOS DO HENDA teve acesso, o anúncio foi feito pelo até então Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da Coreia do Norte em Angola, Jo Pyong Chol, durante um encontro com o ministro das Relações Exteriores, Téte António.

“O embaixador Jo Pyong Chol foi esta tarde à sede do Ministério das Relações Exteriores, em Luanda, despedir-se do chefe da diplomacia angolana, afirmando que por decisão da sua capital, Pyongyang, a Embaixada deste país asiático em Angola está encerrada e que o diplomata regressa ao seu país de origem”, lê-se no comunicado do MIREX.

Na ocasião, Téte António, tomou nota da informação, desejando ao embaixador norte-coreano sucessos no seu futuro profissional.

O Embaixador Jo Pyong Chol serviu o seu país durante cinco anos em Angola.

As relações entre Angola e a Coreia do Norte datam desde a independência de Angola a 11 de Novembro de 1975 e os dois países cooperam nos domínios da saúde, construção e informação tecnológica.

Compartilhar

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *